Como Investir em Ações no Exterior Morando no Brasil

Investir em ações no exterior pode ser uma ótima maneira de proteger seu capital da volatilidade da moeda brasileira. Além disso, você consegue diversificar mais seu portfólio. 

Mas, como é possível investir em ações no exterior, morando no Brasil? De fato, não é difícil conseguir investir em ações de empresas do exterior, tendo residência no Brasil. 

Você vai precisar de alguns elementos para isso e existem boas opções no mercado para quem deseja investir fora do país. Confira! 

  1. Por que investir em ações no exterior? 

Quem investe constantemente em renda variável no Brasil sabe que a volatilidade de muitos ativos é bastante intensa. 

Com isso, fica difícil, muitas vezes, pensar em investimentos a longo prazo na renda variável, com tanta volatilidade. 

Aliado a isso, o valor da moeda brasileira diminui bastante frente ao dólar e euro nos últimos anos. Com isso, os rendimentos de ações no exterior ficaram bastante atrativos para quem gosta de alocar seus investimentos nesse mercado. 

Além disso, as empresas norte-americanas são bastante sólidas e estão há muito tempo no mercado. Assim, o investidor tem maior segurança ao alocar seus investimentos em ações no exterior dessas empresas. 

E para quem gosta de fazer day trade, no Brasil, as opções são mais diminutas. Já na bolsa americana, por exemplo, o investidor tem um leque bem maior de opções para poder trabalhar. 

Para se ter uma ideia mais sólida de números, na bolsa brasileira, há 353 empresas. E na bolsa americana, há 4.102. 

Ainda em números, os Estados Unidos correspondem a mais de 35% do volume de ações negociadas no mundo, enquanto que o Brasil responde por pouco mais de 2%. É uma diferença gritante! 

E por último, o mercado de opções é bem maior e as ações têm muito mais liquidez na bolsa americana do que na brasileira. 

  1. Como investir em ações no exterior morando no Brasil? 

Agora que você já sabe como Seu Futuro Capital pode vir a ficar bastante rentável investindo em ações no exterior, vamos te demonstrar como você pode fazer isso. 

Existem, de maneira geral, três maneiras para você investir em ações no exterior morando no Brasil: ETF, Fundos de Investimento, BDR, COE e REITs. Vamos descrever cada uma dessas opções a seguir. 

  1. ETF 

ETF significa Exchange Traded Funds. São vendidas na bolsa, sob a forma de sigla, como as ações. Alguns exemplos de ETFs são BOVA11, DIVO11, NASD11, por exemplo. 

Na verdade, as ETFs são um fundo de investimento, a qual segue algum índice. Nos exemplos anteriores, a ETF BOVA11 segue o índice Ibovespa. Já a NASD11 segue o índice das 100 maiores empresas não-financeiras listadas na Nasdaq. 

O lucro com as ETFs vem da venda de cotas, que também segue a mesma tributação da venda de ações: tributadas quando atingem valores maiores que R$ 20 mil mensais. 

  1. Fundos de investimento 

Os fundos de investimento também são outras boas opções para investir em ações no exterior. A grande vantagem é que em fundos a gestão é profissional e você não tem que se preocupar com o preço de um ativo, por exemplo. 

Alguns fundos, como BTG Pactual Diversificação Ações Globais FIA BDR Nível 1, por exemplo, investe em ações voltadas tanto para o mercado americano, quanto no mercado chinês. E isso ajuda a balancear o investimento, quando um ativo apresenta queda. 

  1. BDR 

BDR significa Brazilian Depositary Receipts, ou seja, são ações de empresas estrangeiras, mas negociadas na B3, a bolsa brasileira. 

Ou seja, empresas como Apple, Google e HP, por exemplo, são ótimas opções para quem desejar investir nesse setor. 

  1. COE 

Os Certificados de Operações Estruturadas também representam uma boa opção para quem deseja investir no exterior, morando no Brasil. 

A grande vantagem desse tipo de investimento é que ele possui características tanto da renda fixa quanto da renda variável. 

  1. REIT 

Real Estate Investment Trust, seria o correspondente aos Fundos Imobiliários brasileiros, mas nos Estados Unidos. 

Ou seja, você investe em um fundo de investimento, ligado ao setor imobiliário. Isso apresenta uma grande vantagem para você que deseja receber rendimentos dos fundos, como são os fundos imobiliários brasileiros. 

Lá, o dividend yield de alguns fundos é menor, mas os rendimentos costumam atrair bastante, principalmente por serem feitos em dólar. 

No caso dos REITs, até 85% do lucro dos fundos imobiliários podem ser distribuídos aos cotistas, sob a forma de rendimentos. 

  1. Cuidados ao investir em ações no exterior 

E por último, é importante ter alguns cuidados ao investir em ações no exterior, morando no Brasil. 

  • Tenha investimentos adequados ao seu perfil de investidor; 
  • Utilize uma corretora ou banco para poder fazer esses investimentos; 
  • Lembre-se sempre de calcular as taxas de administração para cada tipo de investimento escolhido; 
  • Não se esqueça que algumas vendas terão cobrança de imposto de renda. 

Tendo esses cuidados, investir em ações no exterior morando no Brasil pode ser uma ótima forma de diversificar seu portfólio de investimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.